Arquivo da tag: educação infantil

Projeto reserva primeira fila para alunos com TDAH nas escolas públicas e privadas

Foto: Douglas Gomes
Foto: Douglas Gomes

Um Projeto de Lei protocolado na Câmara de Vereadores de Porto Alegre pretende melhorar o ensino para crianças com TDAH ou Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade. A idéia apresentada pela vereadora Séfora Mota (PRB) reserva assentos na primeira fila das salas de aulas de escolas públicas e privadas para as crianças ou adolescentes com esse tipo de transtorno. “Temos que ter mais atenção com quem tem TDAH. Se conseguirmos atender aos meios de proporcionar uma melhora no ensino desses jovens, vamos contribuir para o futuro deles e da sociedade”, disse Séfora.

projeto TDAHO Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade, causando prejuízos a si mesmo e aos outros. Também é chamado de DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção). Ele é reconhecido oficialmente por vários países e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Em alguns países, como nos Estados Unidos, portadores de TDAH são protegidos pela lei quanto a receberem tratamento diferenciado na escola. Embora a criança hiperativa tenha muitas vezes uma inteligência normal ou acima da média, acontecem problemas de aprendizado e comportamento. Os professores e pais da criança hiperativa devem saber lidar com a falta de atenção, impulsividade, instabilidade emocional e incontrolável da criança.

projeto TDAHO TDAH é o transtorno mais comum em crianças e adolescentes. Ele ocorre em 3 a 5% das crianças. O uso de medicações não é suficiente e procedimentos no ambiente e na orientação dos pais quanto ao que fazer são indispensáveis. Por exemplo, crianças que se distraem na sala de aula devem sentar de frente para o professor e longe de lugares que possam se distrair, como janelas e portas.

Para tanto, surgiu a idéia de reservar e indicar aos professores que disponibilizem os assentos da primeira fila para os alunos com o transtorno. O projeto, protocolado essa semana, agora passa pela avaliação da Procuradoria da Câmara e depois segue para votação e análise da Comissão de Constituição e Justiça. “Acredito que vamos ter o apoio dos colegas nesse projeto e vamos conseguir aprovar a proposta para que tenhamos um ensino de mais qualidade e preocupado com as diferenças”, concluiu a vereadora.

Séfora quer disciplina de Libras nas escolas de Porto Alegre

Libras nas escolasUm Projeto de Lei protocolado nesta segunda-feira (27/01) na Câmara de Vereadores da Capital pretende aumentar a inclusão nas escolas em Porto Alegre. A proposta apresentada pela vereadora Séfora Mota (PRB) prevê a inclusão da Língua Brasileira dos Sinais (Libras) nos currículos escolares de todas as escolas, públicas ou privadas, localizadas no município.

Libras nas escolasA Libras, que teve sua origem na língua de sinais francesa, é uma forma de comunicação dos surdos. Foi reconhecida como segunda língua oficial do Brasil pela Lei nº 10.436 de 24 de abril de 2002 e, posteriormente regulamentada por meio do Decreto 5626/2005; que reconhece como meio legal de comunicação e expressão a Língua Brasileira de Sinais (Libras). É dever do poder público em geral e empresas concessionárias de serviços públicos de apoiar o uso e difusão de Libras como meio de comunicação objetiva e de utilização corrente das comunidades surdas do Brasil. Desde então, foi estabelecido que a Libras deve ser inserida como disciplina curricular obrigatória nos cursos de formação de professores para o exercício do magistério, em nível médio e superior, e nos cursos de Fonoaudiologia, de instituições de ensino, públicas e privadas, do sistema federal de ensino e dos sistemas de ensino dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

Libras nas escolasPara a vereadora, que é presidente da Frente em Defesa das Pessoas com Deficiência, só com o aprendizado das diferenças teremos um convívio com igualdade. “Hoje, todas as crianças convivem no mesmo espaço escolar e na sociedade. Por esta razão, temos que conhecer e oportunizar às crianças, com ou sem deficiência, o conhecimento de outras formas de comunicação que possibilitem a interação com todos” disse Séfora.

Se aprovada na Câmara de Vereadores da Capital, a nova lei deverá ser regulamentada pelo poder público num prazo máximo de 60 dias e todas as escolas em Porto Alegre deverão instituir a disciplina de Libras nos seus currículos.

 

Séfora participa de festas de Natal em comunidades da Capital

Festa Natal 2013    Festa Natal 2013

A vereadora Séfora Mota (PRB) esteve presente em diversas festas de confraternização de Natal em diferentes comunidades da Capital neste mês de dezembro. Requisitada por muitas instituições e líderes comunitários para contribuir de alguma forma com as comemorações, a vereadora tentou atender o maior número de pessoas. “Recebemos muitos pedidos de ajuda. Gostaria de poder atender a todos, mas infelizmente não consigo. Fico feliz por ter melhorado o Natal de muita gente através da confiança das pessoas”, avaliou Séfora.

Entre os locais que foram beneficiados com a ajuda articulada pelo gabinete da vereadora, a Associação dos Moradores da Vila Parque Santa Anita, no bairro Nonoai, o projeto Rima do bairro Belém Velho, a Pastoral da Criança da Ilha dos Marinheiros e as Festas de Natal dos bairros Bom Jesus e Beco dos Coqueiros.

Dois moradores da Capital também estão tendo um Natal mais alegre através das doações conseguidas pelo gabinete da vereadora Séfora. Mariselia dos Santos, moradora da Restinga, tinha o sonho de construir um quarto para as filhas. Com o material de construção doado, ela conseguiu concluir a obra. “Agradeço muito a vereadora e os assessores dela. Nosso Natal vai ser sem muitos presentes, mas agora minhas filhas já têm um quartinho para dormirem”, disse. Festa Natal 2013Já seu Delci, morador do loteamento Timbaúva, tinha outro objetivo. Melhorar a saúde e buscar uma nova vida através dos exercícios. Ele ligou para o gabinete pedindo uma bicicleta e teve o pedido atendido. “Conseguimos uma pessoa que queria doar essa bicicleta e levamos pro seu Delci. Isso é que nos traz esperança de um mundo melhor. Pessoas que querem ajudar e outras que dão valor para a vida”, disse Séfora.

Festa Natal 2013Mas um momento em especial ficou marcado neste fim de ano para a vereadora. Ela ajudou o “Papai Noel” a presentear crianças da Escola de Ensino Fundamental Ver. Martim Aranha, na Vila Cruzeiro. A festa reuniu uma das turmas do terceiro ano e teve comida, música e até efeitos especiais. Tudo para deixar a sala em clima de Natal. A vereadora conversou com os alunos, acompanhou a apresentação musical e depois recebeu o carinho dos pequenos. “Aqui é pura sinceridade e honestidade. Na fala, no olhar… Coisas que esquecemos que existem no nosso dia a dia. Por isso que adoro crianças. São o nosso futuro e precisamos cuidar delas acima de tudo. É com esse sentimento e com esse carinho que desejo um fim de ano maravilhoso para todos”, concluiu Séfora.  

Festa Natal 2013

 

 

Creche pode fechar por falta de condições na Zona Norte

creche tecnobaby creche tecnobaby

A vereadora Séfora Mota (PRB) esteve na manhã desta sexta-feira (19/07) conferindo a situação de uma creche conveniada da prefeitura no Bairro Humaitá. A creche Tecnobaby, da Vila Tecnológica, atende 33 crianças da comunidade, mas em função das más condições do prédio pode fechar a qualquer momento.

creche tecnobaby

Goteiras e infiltrações em duas salas reduzem as condições de atendimento e colocam as crianças numa situação de risco. Expostas à umidade provocada pelos problemas na estrutura e com a chuva e o frio, muitas já ficaram ou estão doentes.

Segundo a coordenadora da creche, Sandra Rosa, uma reforma deveria ter sido iniciada em junho, com recursos de uma contrapartida da empresa OAS, que construiu a Arena do Grêmio no bairro, mas até agora nada foi feito. “A situação já estava complicada e agora com o frio piorou. O problema é urgente. Não queremos, mas se nada for feito vamos ter que fechar a creche”, disse.

creche tecnobabyPara a vereadora Séfora Mota, é fundamental que pelo menos as goteiras e a umidade sejam arrumadas o mais rápido possível. “Essas crianças não podem continuar num prédio assim. Sei que existe já uma lista de espera de quase 70 crianças aqui. Imagine se nem essas 33 puderem ser atendidas” argumentou a vereadora, que já pediu providências para a Secretaria Municipal de Educação.

Veja mais fotos abaixo!

 

creche tecnobaby

creche tecnobaby creche tecnobaby creche tecnobaby creche tecnobaby creche tecnobaby